Rodovias

Pardais das rodovias federais do RS e de SC voltam a registrar multas

27/12/2017 15h51 -Do Zero Hora

Imagem DivulgaçãoImagem Divulgação

Os pardais das rodovias federais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina voltaram a registrar multas. Como houve repasse de recursos para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), os equipamentos foram religados a partir da última quinta-feira (21).

Os controladores de velocidade haviam sido desligados em 11 de novembro por falta de dinheiro para pagamento das empresas donas dos pardais. Os equipamentos monitoram 241 faixas de tráfego: 123 nas rodovias gaúchas e 118 nas catarinenses.

Já as lombadas eletrônicas foram mantidas em funcionamento durante todo esse período devido à importância destes equipamentos na redução de velocidade nos locais onde estão instalados. Além do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, outros 10 contratos foram reativados nas rodovias federais do Brasil.

O contrato referente ao funcionamento destes pardais vale até 3 de janeiro. A tendência é que ele seja renovado entre esta e a próxima semana. A empresa Kopp Tecnologia tem vínculo com o Dnit no Rio Grande do Sul desde 2010 e o contrato já foi prorrogado três vezes.

A prorrogação será necessária por causa da impossibilidade de conclusão da nova concorrência do serviço de fiscalização eletrônica. A disputa foi lançada em maio do ano passado e já foi interrompida e reaberta ao menos quatro vezes por causa de ações na Justiça.