Chapecó

Imagem mostra larvas em lanche vendido em Chapecó; Estabelecimento se pronúncia

O DR conversou com a consumidora que encontrou as larvas no lanche. Em nota o estabelecimento se pronunciou na tarde desta segunda-feira.

**05/02/2018 18h06 - Por: Izaque Corvalan

Imagem Reprodução: Redes SociaisImagem Reprodução: Redes Sociais

Uma imagem que circula nas redes sociais desde o último sábado (3) ganhou repercussão entre os internautas de Chapecó e região. A imagem mostra larvas em um pastel de calabresa, produzido por uma empresa localizada no Shopping Pátio Chapecó.

Segundo a internauta que divulgou a imagem, as larvas foram identificadas quando o alimento era consumido. "Olha, eu não tenho a intenção de prejudicar ninguém. Mas não poderia deixar de postar o fato ocorrido.Eu mostrei o pastel a eles, fiz a foto, pedi meu dinheiro de volta e fui embora. Ninguém falava nada, devem ter ficado surpresos também." Disse a internauta ao Desbravador Repórter.

Durante a manhã desta segunda-feira (5), a reportagem do DR entrou em contato com responsável do estabelecimento, em nota a divulgada por volta das 16h10, foi relatado que o problema ocorreu em um único produto.

Confira a nota na íntegra:

A empresa, responsável pela marca, vem por meio desta, elucidar os fatos sobre a imagem que circula no facebook e whatsapp, o qual apresentou problemas de qualidade em um único produto. A respeito de tal ocorrência, a empresa informa que o fato ocorreu em um único produto específico e todas as matérias primas e ingredientes foram retirados para análise, afim de apurar e identificar, com rigor, a questão apontada. Dessa forma, a empresa, reafirma seu compromisso com a ética e segurança alimentar, assegurando os padrões de qualidade exigidos por lei, ao mesmo tempo, reforçando ainda mais a integridade de seus produtos e da sua marca, reconhecida ao longo dos seus 10 anos no mercado alimentício.

Nós contamos com os programas de Segurança dos Alimentos, através das Boas Práticas de Fabricação e dos Procedimentos Operacionais Padronizados, temos todos os controles monitorados e verificados diariamente, conforme determinação da legislação, Portaria 326 e RDC 275 do MS/ANVISA. E com o fato ocorrido, hoje recebemos a visita de órgão fiscalizador, de Chapecó que nada constatou de irregularidade, sempre buscamos preservar a qualidade de nossos produtos dentro das condições higiênicas sanitárias, e estamos fazendo uma avaliação do caso isolado, e já tomamos como providência o contrato de uma RT.

A empresa apoia e respeita a manifestação pública de cada consumidor, desde que seja de forma democrática, elucidativa e com devida responsabilidade.

Direção".