Pagando as dividas

“Resolva Tudo” encerra com 1.500 atendimentos

25/11/2017 09h08 - Por: Izaque Corvalan

Foto e créditos:MB ComunicaçãoFoto e créditos:MB Comunicação

De maneira inédita a Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) e o PROCON promoveram nessa semana o "Resolva Tudo". Consumidores e lojistas reuniram-se para negociar pendências financeiras, com o objetivo de reduzir o índice de inadimplência em Chapecó. Na primeira edição, em três dias, foram realizados 1.500 atendimentos.

"Não temos como mensurar em números o quanto isso representa de retorno efetivo para o comércio, mas sem dúvidas demonstra o interesse dos clientes em regularizar sua situação junto aos estabelecimentos comerciais e traz um ânimo a mais para o comércio, principalmente nesse período do ano em que os trabalhadores recebem o décimo terceiro e podem aproveitar para retomar o poder de compra", afirmou o presidente da CDL Chapecó, Clóvis Afonso Spohr.

O coordenador do PROCON Paulo Balancelli considerou o resultado da ação como positiva. "Cerca de 97% das pessoas que passaram pelo evento conseguiram resolver suas pendências. Tivemos um retorno muito animador, tanto dos lojistas como dos consumidores. Foram oferecidos diferenciais de parcelamentos e juros para facilitar a negociação e a quitação dos devedores. O melhor de tudo, foi ver os consumidores recuperando a autoestima sem nenhuma pendência no mercado".

A expectativa das entidades é ampliar o evento para o ano que vem, convidando novos estabelecimentos comerciais para integrarem a ação e estreitarem o relacionamento com seus clientes. "Repassaremos esse retorno positivo aos nossos associados a fim de que em uma próxima edição possamos aumentar o número de negociações e reduzir ainda mais a inadimplência em Chapecó que é o nosso grande objetivo", finalizou Spohr.

CONTEXTO

 Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) da CDL Chapecó informam que o número de consumidores com pendências chega a 47 mil, o que resulta em R$ 54,5 milhões de reais. Esse valor, se for devolvido ao comércio, representa um incremento na economia do município.