Fuga, perseguição, tiros e morte no centro de Chapecó

Três veículos apreendidos, dois com cigarros de contrabando e um "batedor"

13/03/2018 05h22 - Por: Rodrigo André Pompermayer

 

O foto teve inicio com a informação que o serviço de inteligência da Polícia Militar obteve de outra força polícial do Paraná sobre a ação de que uma "quadrilha de cigarreiros" tinha saído de Fóz do Iguaçu com cinco veículos com destino ao estado vizinho do Rio Grande do Sul e passaria por Chapecó. Diante da informação, a Polícia Militar montou uma operação de monitoramento na entrada e nas principais vias da cidade para que os envolvidos fossem abordados e presos.

Por volta das 22h desta segunda-feira(12) o destacamento da ROCAM visualizou dois veículos com placas do Paraná na região norte da cidade e os mesmos empreenderam fuga sendo perseguidos. Um dos veículos seguiu pela rua Fernando Machado entrando a esquerda na rua Paulo Marques e novamente entrando a esquerda na Avenida Getúlio Dorneles Vargas sentido norte, quando perdeu o controle e bateu na traseira em um veículo Fiesta que estava estacionado, momento este que foi alcançado e cercado pela guarnição da ROCAM. Para continuar sua fuga o condutor da VW Amarok de cor preta e placas ITF-6346, identificado posteriormente como Cristiano Ribeiro com 32 anos natural do Paraná, bateu contra uma moto da Rocam momento este que, vendo a negativa de parada e ver atingido o colega de farda, outro policial da ROCAM efetuou disparos acertando um projetil do lado direito do condutor. Outros policiais chegaram para apoio e o condutor foi retirado do veículo e imobilizado vindo a morrer momentos depois.

Os bombeiros foram acionados e socorreram o policial da ROCAM e o encaminharam ao HRO com ferimentos leves em uma das pernas, enquanto o Samu atendeu o Condutor da VW / Amarok sendo constatado a sua morte.

Enquanto isso, uma outra equipe conseguiu abordar o outro veículo GM / S10 com placas ETQ-6867 de Fóz do Iguaçú, que empreendeu fuga e foi abordado próximo a grande rotatória da Rua Fernando Machado. No veículo haviam dois homens, J.R.F. com 28 anos e D.F.B. com 32 anos, ambos paranaenses que estavam atuando como "batedores" para o Veículo VW / Amarok que estava carregada com cigarros oriundos do Paraguai.

A ocorrência continuou

A ocorrência não terminou nesse momento, em outro ponto da cidade, na rua Mascarenhas de Moraes, no bairro Jardim América, um policial de folga, sabendo do ocorrido, visualizou um veículo com placas de fora estacionado em um pátio de uma igreja. Fez a aproximação e visualizou o veículo Fiat / Toro de cor marrom com placas BAI-4356 de Curitiba, Paraná cheio com pacotes de cigarros. Comunicou a central do ocorrido e o veículo juntamente com os outros foram encaminhados a Delegacia da Polícia Federal em Chapecó para que o levantamento da quantidade de carteiras de cigarro seja feita. O condutor não foi identificado e nem preso, há suspeitas que tenha cido "resgatado" por outro veículo batedor após abandonar o veículo que conduzia.

A origem dos veículos

Já na Delegacia de polícia Federal, a Polícia Militar continuou seu trabalho, e identificou que o veículo carregado com cigarros, VW / Amarok estava com as placas clonadas, sendo as verdadeiras como ITF-6346 de Porto Alegre, Rio Grande do Sul com registro de roubo. O outro veículo também com registro de roubo é o Fiat / Toro que tem como placas verdadeiras BAU-2920 de Colombo no Paraná.

O veículo em que estava atuando como "batedor", o GM / S10 com placas ETQ-6867 de Fóz do Iguaçú está sem restrições ou alerta de roubo, sendo de propriedade de um dos suspeitos presos.

Todos os veículos apreendidos tinham rádio instalados com capacidade de "copiar" a frequência da Polícia

Ainda há Informações de outros dois veículos sendo uam Fiat / Strada como batedor e uma Toyota / Hilux que estaria carregada com cigarros viajando junto, mas que não foi localizada.

O corpo de Ricardo Ribeiro, condutor da VW / Amarok, foi recolhido pelo IML e o IGP fez a perícia no local em que se deu a abordagem e o confronto.

Assista a transmissão ao vivo durante a ocorrência

 

Assista a transmissão ao vivo da apreensão da Fiat Toro com cigarros