Quarta, 20 de setembro de 201720/9/2017
Céu limpo
15º
17º
31º
Chapeco - SC
dólar R$ 3,13
euro R$ 3,76
Casa Chapecó
SAÚDE
Noite mal dormida pode afetar o coração
Sono é essencial para a saúde mental, a saúde da pele, para combater infecções e evitar a obesidade.
Janaina Chagas Chapecó - SC
Postada em 15/08/2017 ás 13h43
 Noite mal dormida pode afetar o coração

(Foto: Thinkstock/Getty Images)

 


Dormir menos de seis horas por dia pode prejudicar o coração. Quem faz o alerta é o cardiologista do Incor especializado em medicina do sono Luciano Drager. O sono é essencial para a saúde mental, a saúde da pele, para combater infecções e evitar a obesidade.



A Universidade de São Paulo está fazendo uma pesquisa para investigar o que as poucas horas de sono podem fazer com a nossa saúde, inclusive com o coração. Os 2.400 voluntários usam um aparelho, por uma semana, para registrar as horas de sono. Por enquanto, 27% das pessoas avaliadas dormem menos do que seis horas por noite.



Uma outra pesquisa feita nos Estados Unidos com 1.300 pessoas revelou que pacientes que têm fatores de risco para problemas cardíacos e dormem menos de seis horas por noite têm o dobro de chances de morrer por complicações cardiovasculares, como infarto e AVC.



Algumas estratégias podem ser adotadas para melhorar a qualidade do sono: terapia cognitiva comportamental, higiene do sono, exercícios de relaxamento e meditação.



Novos parâmetros nas taxas de colesterol
O Bem Estar desta terça também falou sobre as mudanças nas medidas do colesterol com o cardiologista e consultor Roberto Kalil. Os índices saudáveis do colesterol ruim diminuíram e os do colesterol bom aumentaram.
LDL (colesterol ruim) – pessoas com risco cardíaco alto deveriam ficar abaixo de 70 mg/dl. Agora, pessoas com risco cardíaco muito alto devem ficar abaixo de 50 mg/dl.
Colesterol total – o desejável era abaixo de 200 mg/dl. Agora, o desejável é abaixo de 190 mg/dl.
HDL (colesterol bom) – o desejável era acima de 60 mg/dl. Agora, o desejável é acima de 40 mg/dl.
Jejum no exame – era necessário um jejum de 12 horas. Agora, deixa de ser necessário o jejum.



FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
878
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium