Terça, 19 de setembro de 201719/9/2017
Ensolarado
15º
27º
30º
Chapeco - SC
dólar R$ 3,13
euro R$ 3,76
TECNOLOGIA
Samsung lança Galaxy Note 8, smartphone sucessor do ‘explosivo’ Note 7
Durante a apresentação do aparelho, sul-coreana fez espécie de pedido de desculpas.
Janaina Chagas Chapecó - SC
Postada em 23/08/2017 ás 13h12
Samsung lança Galaxy Note 8, smartphone sucessor do ‘explosivo’ Note 7

Galaxy Note 8 tem um display de 6,3 polegadas para funções que integram a caneta inteligente S Pen (Foto: Divulgação)


A Samsung lançou nesta quarta-feira (23) o Galaxy Note 8, smartphone que é o sucessor do “explosivo” Note 7, que teve produção e vendas suspensas após vários relatos de que esquentava demais e até chegava a pegar fogo por causa de problemas com a bateria. Há novidades na:
tela de grandes proporções
câmera com duas lentes
caneta inteligente
assistente pessoal Bixby



Tela
A primeira edição do Galaxy Note surgiu em 2011 e fez a indústria cunhar o termo “phablet” para qualifica-lo, já que o aparelho era um smartphone com dimensões de um tablet.
A tradição foi mantida no Note 8. O Note 8 continuará a ser equipado com a caneta inteligente S Pen e a tela terá proporções de 18:5:9, as mesmas do Galaxy S8. Com 6,3 polegadas, o display com bordas infinitas exibirá imagens com resolução Quad HD.



O usuário poderá usufruir de uma tela tão grande combinando duas tecnologias do Note 8. Ao unir o recurso multi-janelas e o acesso rápido no menu da borda infinita, é possível pegar um atalho para executar dois aplicativos ao mesmo tempo.



Câmera
O Galaxy Note 8 ganhou duas câmeras traseiras, capazes de registrar imagens com 12 Megapixels. As duas lentes contam com estabilização de imagem ótica.
E essa novidade não vem à toa. Ao acionar o modo "captura dupla', as duas câmeras fazem imagens simultaneamente. Pode ser, por exemplo, uma foto com close tirada com a lente de telefoto e uma foto que mostre o plano de fundo, tirada com a lente grande.



Já acionar o recurso "foco dinâmico", o Note 8 permite o controle manual da profundidade de campo e mostra uma prévia da foto antes de capturar a imagem de fato.
A lente grande angular possui o sensor Dual Pixel, que, associado ao recurso de focar um objeto rapidamente, pode capturar imagens mais nítidas e com maior resolução até em lugares com pouca iluminação.



Caneta inteligente
A caneta S Pen ganhou uma ponta mais fina e maior sensibilidade quando pressionada sobre a tela. Com ela, é possível selecionar textos textos, desenhos animados e GIFs para serem automaticamente em redes sociais e outras plataformas conectadas.
Outra novidade é a tradução simultânea, que foi aprimorada. Funciona assim: quando um texto escrito em uma língua estrangeira é grifado pela S Pen, a tradução pode ser feita para até 71 idiomas. Também é possível converter unidades de medida e moedas estrangeiras.



Assistente pessoal
O Galaxy Note 8 é a segunda linha de smartphone da Samsung a ser equipar com a assistente pessoal Bixby. Como outros assistentes pessoais, a Bixby executa ações assim que ouve um comando. É possível:
configurar alarmes
enviar fotos para um contato específico
fotos
destravar o celular
solicitar rotas de tráfego
controlar aparelhos domésticos que sejam conectados



Além da voz, a Bixby pode interagir com usuários pela câmera. Ela pode, por exemplo, identificar objetos em frente ao aparelho e fazer buscas relacionadas na internet. Também capta informações do dia a dia para oferecer serviços ao usuário (como dicas de trânsito nos horários de deslocamento, por exemplo).



Desculpas
Durante a cerimônia, a Samsung fez uma espécie de pedido de desculpas pelo que ocorreu em 2016. Antes de DJ Koh, presidente de comunicações móveis da Samsung, subir ao palco, a empresa apresentou um vídeo em que vários usuários do Galaxy Note 7 contavam suas experiências com o aparelho -- dias antes de a produção ser interrompida de vez, o smartphones passou por dois recalls.
"Nenhum de nós vai nunca se esquecer do que aconteceu no ano passado", afirmou DJ Koh, presidente de comunicações móveis da Samsung.



Note 7
A Samsung volta da linha Galaxy Note ocorre após o último integrante da família de aparelhos ter sido retirado do mercado em outubro de 2016, apenas de dois meses após ter sido lançado. O motivo eram as baterias propensas a pegar fogo.
O incidente foi uma das maiores falhas de segurança na história da tecnologia. Custou à Samsung US$ 5,4 bilhões no lucro operacional e prejudicou sua credibilidade.



A Samsung divulgou em janeiro deste ano algumas descobertas iniciais sobre o que causou o problema. Diferentes falhas no componente fornecido por duas empresas fizeram os aparelhos pegarem fogo. A avaliação foi avalizada por outras duas investigações independentes.
Após os incidentes, a sul-coreana passou a tomar diversas precauções. Por exemplo: criou um novo conjunto de verificações de segurança da bateria para evitar novos acidentes.



FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
104
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium