Terça, 19 de setembro de 201719/9/2017
Ensolarado
15º
27º
30º
Chapeco - SC
dólar R$ 3,13
euro R$ 3,76
Casa Chapecó
INTERNACIONAL
Tempestade Harvey deixa 44 mortos e ao menos 19 desaparecidos
Mais de 770 mil moradores do estado receberam orientação para deixar as casas e quase 1 milhão (980 mil) deixaram suas residências por causa do risco de inundações, devido ao transbordamento de rios e reservatórios.
Janaina Chagas Chapecó - SC
Postada em 01/09/2017 ás 12h51
Tempestade Harvey deixa 44 mortos e ao menos 19 desaparecidos

(Foto: Gabe Hernandez / AP )

Ao menos 44 pessoas morreram ao longo de uma semana de tempestades na região metropolitana de Houston, no Sul do estado do Texas, nos Estados Unidos (EUA), segundo o último balanço das vítimas do Harvey. Pelo menos 19 pessoas estão desaparecidas, de acordo com o governo local.


Mais de 770 mil moradores do estado receberam orientação para deixar as casas e quase 1 milhão (980 mil) deixaram suas residências por causa do risco de inundações, devido ao transbordamento de rios e reservatórios. Cerca de 40 mil estão em abrigos improvisados. A tempestade já não está sobre a cidade de Houston, mas as inundações continuam.


Segundo o Centro Nacional de Furacões, o furacão se move e está no norte do Mississipi, Tennesse e Lousiana. Nestas regiões já há registro de algumas enchentes. Alguns estados também estão em alerta como Arkansas e Ohio. Uma das preocupações é com a contaminação das águas. O governo procura formas de garantir água potável à população afetada.


O preço da gasolina disparou no país. O galão de gasolina (3,8 litros) subiu em média 60 centavos do começo da semana até agora em várias regiões. Em Atlanta, o preço no final de semana passado variava entre US$ 2,10 e US$ 2,20. Agora, é possível encontrar gasolina a US$ 3 dólares o galão.


Com as refinarias fechadas, não houve produção nem distribuição de gasolina aos estados vizinhos.


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que vai doar US$ 1 milhão de seu patrimônio pessoal para socorrer as vítimas do furacão.


As estimativas de prejuízos apontam que o valor pode chegar a US$ 160 bilhões, o que faz do desastre, o mais caro da história dos Estados Unidos.


FONTE: EBC

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
155
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium