domingo, 24 de setembro de 201724/9/2017
Parcialmente nublado
16º
16º
27º
Chapeco - SC
dólar R$ 3,12
euro R$ 3,73
EDUCAÇÃO
“É um novo conceito que veio para ficar” avalia coordenador da FACE Leonardo Rinaldi
Festival reuniu aproximadamente 15 mil pessoas, especialmente jovens no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, em Chapecó
Izaque Corvalan Chapeco - SC
Postada em 05/09/2017 ás 05h22
“É um novo conceito que veio para ficar” avalia coordenador da FACE Leonardo Rinaldi

Desfile de cosplays incluíram a programação da FACE 2017 (Foto e informações: MB)

Encerrou no fim de semana a sétima edição do Festival de Conhecimento e Cultura Jovem FACE 2017. O evento reuniu aproximadamente 15 mil pessoas em três dias com atividades de dança, música, teatro, tecnologia, games e inovação no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, em Chapecó.


É considerado um dos maiores eventos culturais do Brasil por englobar diferentes intervenções artísticas e culturais que possibilitam curiosidades, interação e experimentos com a proposta de trazer multiplicidade em atividades que permitem a liberdade com responsabilidade.


“A avaliação é muito positiva. O público validou a ideia de reunir no mesmo ambiente arte com anime go, cosplays com tecnologias, robótica ao lado de skate, games digitais com analógicos, exposições culturais com música, grafite e educação. Essa mistura foi muito bacana”, considera o coordenador geral, Leonardo Rinaldi.


O diretor da Zoom Feiras e Eventos, empresa idealizadora da FACE, acrescenta o novo conceito que veio para ficar, assinalando a intenção de ampliação  em termos de atividades e atrações. “Mesmo num período considerado de dificuldades econômicas só vimos experiências positivas. Estamos muito contentes e a ideia para o ano que vem é potencializar ainda mais as ações. Apresentar o salão de games, de tecnologias, de mostras de criatividades, de comercialização, além de trazer atrações maiores. O público jovem quer isso, eles curtem. É muito bom ver a alegria, ver que conhecem coisas diferentes e tem insights e começam a se formar pequenos empresários com ideias inovadoras”.


Leonardo também destaca que a FACE deixou um legado físico com a doação de 14 paineis para escolas de Chapecó. As pinturas foram feiras por cindo artistas durante o festival e foram conduzidas pelo artista Digo Cardoso.


 


EXPERIÊNCIA X CONHECIMENTO


A gerente de educação da Gered de Chapecó, Maria de Lurdes Seben considera que a FACE é um momento oportuno de aprendizagem por ser um movimento de pluralidade para os jovens. “Essa diversidade proporciona conhecimento que será aplicado na profissão. Os nossos jovens são modernos querem ser profissionais por excelência. Não são acomodados, por isso, nas escolas os professores trabalham com metodologias diferenciadas porque não podemos entrar na sala de aula e dar uma aula como há 10 anos. É preciso tirar o aluno, trazer para esses lugares e mostrar que existem coisas boas, diferentes. Isso é o próprio aprendizado”.


No ponto de vista dos expositores, a jornalista Telma Ishiy da Torii - Produtos Orientais apostou em novidades e produtos diferenciados. Participando pela primeira vez da feira, a empresária de Florianópolis trouxe salgadinhos coreanos, chocolates em barras coreanos, chicletes de metro, bolachas doces, balas de alga e uma infinidade de produtos da cultura japonesa. “É uma oportunidade de experimentar algo diferente. Tem pessoas que guardam as embalagens por serem diferentes, coloridas. Alguns jovens veem o biscoito ou chocolate nas séries e não sabiam como era, aqui conseguem ver e experimentar”, destaca.


Além de apresentações culturais e invasão de cosplays, a FACE contou com apresentação da banda The Kira Justice. O personagem Ken Kaneki, da série Tokyo Ghoul, é interpretado pelo estudante de Filosofia da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Willian Versa. “Gosto do personagem e do retorno das pessoas que reconhecem e se identificam com as mesmas coisas”.  O estudante, que também participou da última edição do festival em 2015, avalia que está mais interessante destacando a participação da banda The Kira Justice e o envolvimento multi cultural. “Não fica preso só a tecnologia que já é interessante”, finaliza.


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium